7 DICAS PARA PERSONALIZAR SUA NAVEGAÇÃO

19/06/2011 17:33

7 dicas para personalizar a navegação


Quando navega na internet o usuário se adapta à lógica de um site. Raramente há opções para tornar a navegação em páginas (ou mesmo redes sociais) mais amigável e integrada.

Para facilitar a vida do internauta que, por exemplo, se irrita com propagandas ou com o excesso de notícias de celebridades, reunimos sete dicas para personalizar a navegação na web.

 

Eliminar propagandas

Para os que se incomodam com as propagandas nas páginas, não há mais desculpa. Existem complementos para navegador que excluem boa parte delas. No Chrome, uma das opções é o gratuito Adblock. Apesar de eficiente, o programa deixa escapar algumas propagandas. Para bloquear as restantes, basta clicar no ícone e clicar em Bloquear uma propaganda nesta página.

No Firefox, o responsável por bloquear propagandas é o programa Adblock Plus, também disponível gratuitamente. Caso alguma propaganda com imagem não seja bloqueada pelo programa, basta clicar com o botão direito sobre ela e clicar na opção Adblock Imagem.

 

Limpeza de páginas

A maioria das páginas da web não conta apenas com texto e foto de uma reportagem. Sempre há um banner, links relacionados e, às vezes, problemas graves de design que dificultam a leitura. O aplicativo Readability ajuda na missão de limpar a tela e deixar apenas o texto e algumas fotos de uma página.

Além disso, com o Readability é possível mudar o fundo da página ou fazer ajustes no tamanho. Basta clicar sobre o ícone do programa no navegador. O programa tem versões para usuários do Mozilla Firefox e do Google Chrome.

 

Solução para sites com busca ineficiente

Você precisa achar uma palavra em um site e não consegue encontrá-la. A solução é apelar para o Google e utilizar o parâmetro "site". Com ele, é possível procurar, por exemplo, todas as ocorrências que o usuário quiser em uma página em específico.

Por exemplo: a pessoa precisa procurar informações sobre "jurisprudência" no site do Supremo Tribunal Federal. Caso a busca do STF não dê conta de sua solicitação, é possível procurar digitando no Google: Jurisprudência site:http://www.stf.jus.br

 

Organizar redes sociais

Não são poucas as redes sociais existentes. Imagine a confusão em abrir a página de cada uma delas em uma aba do navegador? Para descomplicar, uma opção são os programas agregadores. Um dos maios famosos é o TweetDeck.

O TweetDeck aceita cadastros simultâneos a serviços como Twitter, Facebook, LinkedIn, Foursquare e MySpace. O usuário consegue, facilmente, visualizar as atualizações em cada uma das redes a partir de colunas configuráveis. Em uma, por exemplo, ele pode deixar a timeline do Twitter, em outra o mural do Facebook e, numa terceira, as últimas atualizações do LinkedIn.

 

Facilitando o preenchimento de formulários

Os formulários da internet são quase todos iguais. Eles sempre pedem: nome, data de nascimento, e-mail, endereço, telefone, etc, etc. Para poupar a paciência do internauta que já está cansado de sempre digitar os mesmos dados, os três principais navegadores têm opção nativa para guardar as informações de formulários. Ao abrir páginas que pedem informações do usuário, ele preenche automaticamente alguns dados.

No Chrome, por exemplo, basta ir ao menu Chave Inglesa > Opções. Vá em Coisas pessoais e clique no botão Gerenciar configurações de preenchimento automático.

Na sequência, abrirá a página acima em que o usuário poderá cadastrar informações clicando em Adicionar um endereço. Nesta opção será possível incluir informações como nome, nome da empresa, telefone, e-mail, CEP e até informações de cartão de crédito.

No Internet Explorer a opção de preenchimento automático vem desativada por padrão. Para ativá-la é necessário ir ao menu Ferramentas > Opções da Internet. Selecione a guia Conteúdo e clique no botão Configurações próximo ao item Autocompletar. Por fim, basta selecionar os tipos de informações que você quiser que o navegador guarde.

 

Evitando celebridades

De tempos em tempos, sempre há uma celebridade que ganha o dom da onipresença: você liga o rádio, ouve notícias sobre ela; assiste televisão e ela está lá; acessa a web e, de novo, ela protagoniza as páginas principais.

Nos primeiros veículos de comunicação, basta desligar. Agora, na internet, há programas que ajudam na tarefa. Um deles é o Silence of the Celebs (Silêncio das Celebridades, em tradução livre) para o navegador Google Chrome.

O programa Silence of the Celebs apenas funciona em alguns sites americanos ("The New York Times", "Huffington Post", "TMZ') e no Twitter. Quaisquer menções a artistas colocados na lista do programas "desaparecem" do site.

Há ainda outros programas específicos. Tem, por exemplo, um complemento que some com as referências ao ator Charlie Sheen e outro que "tira" da web o cantor Justin Bieber.

 

Favoritos em qualquer computador

Há quem não saiba viver sem seus sites marcados como favoritos em um navegador. Pensando nesse tipo de usuário, Google e Mozilla têm uma opção nativa que permite que o internauta sincronize suas informações em qualquer máquina. Basta que o computador tenha acesso à internet e tenha o Firefox ou o Chrome instalado.

No Chrome, o usuário deve ir ao menu Chave Inglesa > Opções. Na sequência, escolher a opção Coisas pessoais e clicar no botão Sincronização.

O Google Chrome pedirá que o usuário crie uma conta ou faça login no Google. Após isso, é possível escolher exatamente o que você quer sincronizar: favoritos, preenchimento automático, extensões, temas, etc.

Basta acessar as mesmas configurações em um outro computador com Google Chrome, efetuar login e as informações serão sincronizadas. Com um funcionamento parecido com o sistema do Google Chrome de sincronização, o Firefox 4 tem o Firefox Sync.

Para acessá-lo, tecle Alt (isso vai fazer com que apareça o menu principal que, por padrão, fica escondido) e vá ao menu Ferramentas. Por fim, clique na aba Sync e faça o cadastro.

 

Fonte: tecnologia.uol.com.br